Tesouraria: principais problemas

    problemas de tesouraria Macro

    Os maiores desafios de tesouraria nas empresas

    Cada vez mais, os problemas de tesouraria são uma realidade empresarial. Estima-se que cerca de 82% das empresas falhe devido a problemas de gestão financeira. E estes problemas devem-se a inúmeros fatores, desde os atrasos de pagamento por parte de clientes até à volatilidade cambial.
    Este problema constitui um risco acrescido para as micro e pequenas empresas (PME), uma vez que a falta de tesouraria pode levar a inúmeros problemas. Alguns exemplos de problemas passam por atrasos no cumprimento das obrigações fiscais assim como no pagamento a fornecedores e/ou salários aos colaboradores.

    Assim sendo, acreditamos que este é um dos maiores desafios que as empresas enfrentam. É por isso fundamental realizar uma gestão adequada dos recursos financeiros.

    Veja qual a importância da Gestão para mitigar estes riscos.

    Enumeramos alguns dos mais frequentes motivos que suportam a necessidade de ter gestão financeira:

    • Falta de clientes: numa fase inicial da empresa, nota-se este problema de uma forma mais acentuada. Isto deve-se à falta de notoriedade no mercado, pequena dimensão da empresa ou recursos financeiros limitados;
    • Atraso nos recebimentos: não havendo poder negocial junto dos clientes resultantes da notoriedade e/ou falta de contratos, torna-se muito frequente receber para além dos prazos acordados. Ainda que saibamos que fazer um contrato de prestação de serviços e/ou fornecimento de produtos não seja, por si só, a solução, fazê-lo permite mitigar este risco;
    • Necessidades de investimento: para fazer face à procura sentida, torna-se necessário dispor de recursos financeiros que permitem adquirir ativos. Muitas vezes, investir em novos recursos é obrigatório sendo que esta alocação de recursos diminui a tesouraria disponível.

    Uma gestão financeira adequada é fundamental para garantir a sustentabilidade das empresas. Importa referir que este é um trabalho constante e que é tanto físico como mental. É fundamental controlar indicadores e manter os mesmos positivos, focando as preocupações dos colaboradores no desenvolvimento do projeto.

    Existem várias soluções quer permitem melhorar a tesouraria das empresas, quer seja uma empresa em fase de arranque quer uma empresa já na sua maturidade.

    Veja também quais os 5 principais desafios das PME

    Damos-lhe dois exemplos que permitirão obter melhorias significativas:

    • Diminuir a quantidade de stocks: Os stocks traduzem-se em custos. Quanto maior for o prazo de rotação dos stocks, maior é o dinheiro que se encontra “empatado”. Otimizar o mesmo através de análises às vendas permite maximizar a produção para os melhores produtos. Se não for feito, incorrerá em perdas no curto, médio e longo prazo.
    • Análise de risco de clientes: Quanto maior for o risco de um cliente, maior será o seu risco de incumprimento. Isso traduz-se num maior risco de tesouraria para a sua empresa já que a probabilidade de receber o dinheiro após a data combinada é muito alta. Esta análise deverá ser feita preventivamente e não após “o acontecimento trágico” acontecer.

    Saiba como financiar o seu negócio e alavancar a sua empresa